Efésios 6:14




Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade, vestindo a couraça da justiça.
Efésios 6:14

6 de abr de 2015

Livro: Poesia e Pensamentos (2013), autor: Charles Zimermann,


Cavaleiros poetas


Solitários sobem a montanha

Em busca de sabedoria

No sol celeste

Que cobre a poesia


Sua coragem é lealdade

Que invade o espírito de verdade

Seus corações são religiosos

Sólidos, românticos e humanos


Poetas cavaleiros

Amam as mulheres

E todas as poesias feitas de amores...


Autor: Charles Magalhães Dedeco

















Minha amada


Te amo mais do que tudo

Te amo mais do que o mundo

Você é minha única amada

Te amo mais do que sempre

Amo-te como nunca te amei


Romântico por ti eu me tornei

Louco por você eu fiquei

Sou poeta que ama sua alma e sua beleza

Amo sua calma e sua nobreza

Amo-te mulher sem pecado

És minha paz e meu orgulho

Minha esperança, meu presente e futuro


És minha namorada adorada

Te amo celeste lua cadente

Poetiza de minha inspiração

Amo-te mais do que tudo

Amo-te mais do que o mundo.


Autor: Charles Magalhães Dedeco











Os corruptos


Aumento de 70% de salário para os políticos

Grita bem alto a roubalheira

A sacanagem

A politicalha

A pilantragem

Já o professor e o policial 1 por cento de aumento

Grita bem alto a desigualdade

A roda do capitalismo esta em festas

E o povo chora magoas.


Autor: Charles Magalhães Dedeco





















Vaga lembrança diabólica


O que venha ser isso?

Uma maldita taverna?

Quem é você?

Num mundo particular decaído

No fogo infernal

Que seja feita a sua vontade


Que inverno é esse?

Quem é você?

Oh, desconhecida!

És um sol apagado e frio em pleno jardim da perdição.


Autor: Charles Magalhães Dedeco

















Talvez


Vai siga o vento

Que não quer parar

Siga a chuva fina e sublime


Vamos siga

Talvez Dom Quixote

Quer ver-te sonhar


Talvez Ferreira Gullar

Quer ver você

Entrar no trem da poesia


Talvez quem sabe

Jesus quer que você se salve

Talvez Charles Chaplin

Quer ver você dançar


Talvez Mario Quintana e Carlos Drummond de Andrade estão fazendo poesia no céu

Vai siga sem medo

O compasso poético de Bob Dylan


E a música de Renato Russo e a voz de trovão de Deus...


Autor: Charles Magalhães Dedeco






A verdade


Siga vai em frente

Não ajoelhe diante do trono do mal

Enforque a hipocrisia

Vai alem do alem céu


O rei não quer mais perdoar o pecador

O relógio parou em cima da taça de fogo

Alguém desce com as mãos abertas

Com o coração cheio de verdades


Minha alma diz: siga vamos em frente.


Autor: Charles Magalhães Dedeco



















Redenção


Será que a poesia se perdeu?

Que poema é esse meu?

Oh, poeta plebeu.


A luz consome a razão e o coração

Que me arrasta na noite imaginaria

Essa é minha prece

A solução dos meus problemas


Vou penetrar meu poema na aurora.


Autor: Charles Magalhães Dedeco




















Que mulher é essa?


Que mulher é essa?

Do outro lado do mundo

Que se veste de roupa

Branca e preta, adornada com escudos


Que mulher é essa?

Que esconde o rosto e o corpo

Com um vestido em pudor

Belíssima perfeição de Deus.


Quero ver ao menos

 O teu sorriso antes de partir para o lar eterno

O teu sorriso no peito meu

No meu coração que é teu.


Autor: Charles Magalhães Dedeco
















No velho bar Frances


Em meio à rua os poetas

Franceses correm e gritam

Revolução, revolução!


Encontram-se no mesmo bar de sempre

Em tempos diferentes revelam o futuro

Um jovem poeta caminha

Com um crucifixo nas mãos


Outro gargalha com um copo

 Transbordando absinto

Outro apenas escreve rebeldias


Solitário sobre a mesa

Com certa embriagues nos olhos

Ele sabe que este mundo

É uma estadia no inferno...


Autor: Charles Magalhães Dedeco















Estrela da manhã


Desce da noite estrelada

Um raio de amor

Na paixão da lua


Nasce do céu de encantos

Na boca brilhante da manhã

A estrela dourada que nunca apaga...


Autor: Charles Magalhães Dedeco













Aos poetas pássaros


Oh, iniciante poeta, faça poesia livre!

Não respeite parágrafos, nem palavras

Não as conte, não use números

Fuja do artificial, ousa seu coração que vibra


Seja o mais natural possível

Seja a música da natureza

A beleza da poesia

É enxergar o invisível


Não copie ninguém, aspire sua alma

Oh, homem pássaro, voe e enxergue o alem

A poesia nasce na raiz do pensamento

Talvez esteja sobre os vales do porem


Oh, novo poeta, seja um livre pensador

Sejas um filosofo sagrado, um poeta realista

Pregue o que quiseres

Amor ou razão, a verdade é a sua salvação...


Autor: Charles Magalhães Dedeco











Sou poema livre


Não sou soneto, nem poderia ser

Minha alma é humana e simples de ver

Não sou robô e nem matemático

Minha métrica é livre, porque não sou de plástico


Sigo as palavras e as letras em desordens

A poesia é secreta, se esconde discreta no sol

Abala o mundo com verdades profundas

Desmascara o artificial, mata a mentira do mal


Tenho a rima e não a encontro

Tanto faz, a poesia é o acaso louco

Quem me dera seguir a melodia reta


Porem eu não sou soneto, nem pudera

Sou inquieto e sem papas na língua

Sou poeta dos poemas da livre primavera.


Autor: Charles Magalhães Dedeco












Mulher, minha melodia


Ninfas sereias, fadas poetizas

Claros olhos celestes, da beleza perfeita

Coração de mel, alma em flor, calma e amor

Soneto, só paixão, sol e solidão quando partes


Princesa do vestido lunar, musa, poesia do ar

Ardentes lábios de pimenta, bailarina do vento

Do vento da liberdade, dançarina da alegria

Enigmática menina-mulher, dos olhos cadentes


Desejo de fogo, corpo de fada-violão

Caminho na perdição, minha perdição de desejar

Aquela que passa com a graça de uma deusa


Aquela que por mim passa na solidão

E que me mata de paixão

Essa sereia que me enche de pecados bons...


Autor: Charles Magalhães Dedeco













Caminho da luz


Gosto da poesia livre

Poesia sem métrica

Basta ter poesia

Fria

Sem sabor

Sem aroma

Com a poética livre

Tornamos-nos orgulhosos

Vede, e siga esse caminho...


Autor: Charles Magalhães Dedeco




















Sentimentos


Deparei-me em frente da solidão

Disse a ela: que eu queria

Amar a alegria e a paixão


Abaixo da tristeza

Avistei a famosa depressão

Com um olhar pessimista

Melancólico, triste e nebuloso


Quis ela me jogar

Para dentro de sua escuridão

Ela não sabia que eu tinha inspiração


Que eu era amante vivo

Da esperança em solidão

Que a felicidade nasce todos os dias em meu coração.


Autor: Charles Magalhães Dedeco













Sem sol


Riscos e rabiscos

Soltos no livro

Vivo, sinto e uivo

Ligo o destino ao acaso


Nuvens surgem lentamente

Em forma de poesias

Mimo e rimo poesia

Com melodias


Sol em rabiscos

Em folhas caídas

Da arvore do conhecimento da vida...


Autor: Charles Magalhães Dedeco

















O Poeta e a musa


Meu corpo ainda puro

Procura a mulher amada

Meu espírito virgem

Vive ao encontro de uma poetiza fada


Vinte e uma velas comemoradas

Muitos amores tidos

Alguns perdidos

Mas poucos amores na vida


Alma minha que percorre o horizonte iluminado

Sempre a procura de uma lua-mulher

Que me leve a orbita romântica...


Autor: Charles Magalhães Dedeco

















Arquitetura ecológica


Casas vivas

Floresta viva

Carros limpos

Energia sustentável

Cata vento

O verde é o segredo!

Prédios grandiosos

Com consciência e respeito

Gira o girassol

Ruas feitas com a natureza

Que ilumina a rua

Que mora o caminho de Deus.


Autor: Charles Magalhães Dedeco


















Alienados modernos


As pessoas não querem mais pensar

Não interessa a elas filosofar nem amar

O que interessa para elas é ganhar

Em mentes vazias

Invade a febre do conformismo.


Autor: Charles Magalhães Dedeco

























Que caminho eu seguirei?


Lagrimas que viram jardins

Jardins de prata

Poesia que jamais acaba


Tenhais a chave do conhecimento do amor

Aquele que entregar o coração

O amor sincero e puro aparecera


Deve percorrer por entre tempestades e tormentas

Porém não te entregue a mentira

E a cada dia mais ame ainda mais.


Porque a mentira é uma pedra bruta

Lapidada apenas pelo mal

Camuflada em egoísmo


Conseguira então o perdão e a salvação

Se amar como todo o coração

O perdão que Deus vos Dara

Em forma de honra e fé...


Autor: Charles Magalhães Dedeco

Adeus amor


Já te amei e não te amo mais

Porque encontrei um novo amor

Na primavera e na dor.

Não quero te ver jamais.


Encontrei uma lua de prata

Uma princesa dourada

Na estrada que eu buscava amor

Encontrei paz e calor...


Adeus amor, que não é mais meu

Já não te amo mais

Encontrei um novo amor

Na tempestade de uma paixão infinita.


Adeus salgado amor

Deixo para ti uma lembrança

Mas amor de verdade

Só vou encontrar com a nova amada que me faz suspirar felicidade...


Autor: Charles Magalhães Dedeco










Poética final


A terra escureceu, os carros calaram-se

Os sinos gritaram, os pássaros cantaram

No alto do céu, nuvens de ira

Terremotos e mal em despedida


O fogo era a justiça

O amor se vingara do ódio

As trevas não ajoelharam

Para a luz que emanava


E explodia de esperança

Para todos os inocentes de alma

O mundo caiu por terra

A maldade, o pecado e a guerra


Só puderam blasfemas

E nada mais podiam fazer

As pedras foram jogadas

Do céu, por anjos pássaros


As taças eram a justiça de Deus

E o salvador de uma nuvem branca e límpida

Enxergou o canto das almas puras

E os salvou, os levou para o paraíso...


Autor: Charles Magalhães Dedeco






Mulher virgem


Damas de cristais

Rainha do luar

Jardins dos cisnes

Musa, estrela e sereia


Oh, poetizas modernas

Vossos corações estão sempre abertos

Almas de mel

Tem as mulheres

Da terra e do céu.


Autor: Charles Magalhães Dedeco




















Conselheiro do coração


Preciso despertar a consciência de todos

Pense

Repense

E reflita

Todas as ações requerem

Respeito e justiça

Pensem

 Repensem

E reflita

Não ame a guerra e nem a cobiça

Ame o que é singelo

Ame a humana poesia

Confie em sua alma

E tenha muita calma para amar...


Autor: Charles Magalhães Dedeco
















Poema de sentimentos


Este poema pede amor e paz

Quero sossego e verão dentro do meu coração

Este poema pede luz e Deus

Quero um amor e uma canção

Não quero falsidade

Quero lealdade e honra

Caráter e respeito

Sou a poesia da liberdade

Que voa pela cidade...


Autor: Charles Magalhães Dedeco





















Protesto do povo


O Brasil foi esmagado

Por um bandido

Chamado corrupção

A sociedade vive mutilada

Vive arrasada por um larapio

Chamado imposto

Os homens estão sendo explorados

Estão sendo sucateados

Por um verme

Chamado politicalha...


Autor: Charles Magalhães Dedeco




















Democracia


É mais do que preciso

Escolher

É mais do que preciso

Questionar

É mais do que preciso

Contrariar

É mais do que preciso

Democratizar

É mais do que preciso

A um senso comum chegar

É mais do que preciso

Trabalhar

É mais do que preciso

Ver o sol nascer

É mais do que preciso

Viver...


Autor: Charles Magalhães Dedeco














Explicando o poema


Não sei explicar

Como nasce um poema

Apenas nasce

Não renasce

Apenas nasce

Não sei explicá-lo

Não sei calá-lo

Não sei comentá-lo

Apenas sei escrever

Amar ou cantar

Isso eu sei

Mas não sei explicar

Como nasce

Apenas nasce

De onde?

Da alma

E a rima?

A vida da rima é outra historia...


Autor: Charles Magalhães Dedeco












Poema explicado


Menino ainda já fazia poesia

Que nem gente grande

Minha vida é uma madrugada inspirada

É uma vertente de poesias iluminadas

Faço poesia porque gosto

Porque choro, porque amo

Porque clamo por amor

Porque chamo minha alma

Para compor

Faço poesia com os olhos

E com a razão

Escrevo sem cansar

Tudo isso

Esse é o meu vicio

Meu destino

A poesia me devora

Sacia-me a sede

Traz-me fé e prece

Torna-me um poeta celeste...


Autor: Charles Magalhães Dedeco











Levo minha vida


Por entre filosofias levo minha vida

Literatura, vinho e poesia é o meu caminho

Destino, objetivo e sentidos claros

Navega meu pensar livre


A poesia é minha força

Minha respiração, meu desabafar, e minha oração

Vivo por ela, e sem ela estaria morto

Arte de minhas inspirações


Ponte que liga Deus e o homem iluminado

O poeta de livre pensar, que vive a meditar

Quais são as razões da lua para chorar


Minha musa e cinderela estelar

Eu lhe disse que o amor percorre

O deserto e as tempestades do céu e do ar...


Autor: Charles Magalhães Dedeco











Poetas


Faça parte do universo das palavras

Te rendas à tentação da poesia

Dance com um dicionário nas mãos

Ame com as flores da paixão...


Autor: Charles Magalhães Dedeco


























Saudade e realidade


Essa noite eu não quero ter saudade

Porque tenho tudo o que preciso

Tenho ar para respirar

Tenho água viva de Deus

Tenho paz no coração

Tenho poesia em minha alma

Tenho amigos verdadeiros

Tenho uma família e mil sonhos

Tenho espírito e caráter

Tenho fé e bondade

Por isso hoje não existe saudade em mim...


Autor: Charles Magalhães Dedeco



















Acreditar na fé


Chega à noite e fico pensando

Na guerra que imunda

O mundo lá fora

E aqui dentro do meu país


Rostos despedaçados de desgosto

Corações amigos perdidos

Perto do fogo da desesperança

Que queima nossa paz


Ouso vozes desesperadas

Explosões de indiferença

Narra o jornal da madrugada


Chegou o dia e tudo recomeça

Resta-nos é lutar e rezar

E acreditar que Deus vai nos ajudar...


Autor: Charles Magalhães Dedeco













Amo a mulher


Ouvi uma canção, uma declaração

Uma voz suave, em doce som

Um amor apaixonado, beijos e batom

Ouvi seu coração gritar desejos


Senti o perfume do seu cheiro de mulher

Ao lhe ver enxerguei sua alma

Em seus olhos celestiais

Enxerguei você como uma rosa estelar


Amo-te mulher poesia

Oh, refinada melancolia

Oh, olhos do dia

Tua beleza é sua melodia

Que flutua minha fantasia...


Autor: Charles Magalhães Dedeco







Manual do povo


Cadê o imposto?

O governo comeu

Onde esta tudo isso

Educação, segurança e saúde

Dentro da barriga da desigualdade


Aonde anda a vontade e a verdade?

O livro da justiça foi rasgado

Devemos, no entanto resgatá-lo

Usá-lo e renová-lo com clareza


Cadê a pátria

A majestade do povo

Alguém a sujou


Salvar é preciso

Vamos então

Ter idéias concretas

Discursos e metas

Ora, cadê o imposto

Na raiz, da politicalha de novo?


Autor: Charles Magalhães Dedeco









Ser feliz


Vou rir de mim

Por eu ser assim

Um espirituoso sem fim


Vou sorrir diante do espelho

Vou pintar meu nariz de vermelho

Vou usar roupas modernas

Soltarei minha alegria

Sobre a cidade construída

Com suor e esperança


Serei Chaplin, serie dom Quixote

Dançarei na chuva

Com um guarda chuva

Explodirei os corações de plástico

Com amor e transformarei

Em corações humanos e verdadeiros...


Autor: Charles Magalhães Dedeco













Musa infinita


Amei-te

Oito vezes

Em oito planetas

De oito maneiras

Em oito poemas

Em oitenta e oito vidas

De infinitos amores


Autor: Charles Magalhães Dedeco



















Mulher belíssima


Você ainda não disse o seu nome

Você não deu o seu telefone

Quero ver tua poesia

Oh, garota dos olhos do dia


Minha paixão esta renascida

Sua voz é musica sensual e despida

Seu corpo e seu rosto são celestiais

Oh, mulher dos cabelos loiros do céu


Você gosta de mim?

O seu coração diz que sim

Quero te fazer feliz, oh, flor de lis

Minha paixão esta nascida


Minha paixão, minha poesia nua

Na métrica mais culta e pura

Seu estilo e seu jeito são autentico

Seu olhar e meu olhar navegam no beijo


Nosso desejo é ardente e tímido

Nosso amor é mágico

Começamos com um beijo

Depois a união dos corpos de imã

No magnético clima de verão poesia...


Autor: Charles Magalhães Dedeco





A fada


O que seria de nós

Sem as mulheres?

Bendito seja-vos que são puras e límpidas

Vocês são dádivas sagradas

Mães flores

Ventre de Deus

Infinito amor

Mulheres de luz

Abençoadas

Poesias, estrelas azuis

Ai meu Deus

Como não as amar

Como não pecar

Nos olhos de uma linda mulher...



Autor: Charles Magalhães Dedeco















Passado


Não nasci em berço de ouro

Não tive nenhum amargo tesouro

Vivo a vida com poesias e honrarias

Com a pureza dos sonhos

De uma criança em melodia


Não lutarei só por lutar

Vencer é viver

Na verdade do amor

Tudo é belo


Sejas com a razão ou com o coração

Enxergarei quase todas as coisas com intuição

Não nasci em berço de ouro

Não ergui a bandeira dos tolos

Nem a espada injusta da guerra

Muito menos vendi meu espírito

Por trinta moedas de prata


Segui o sol da cruz

A lealdade da amizade

Servi a humildade e segui a fé

E caminhei com minha gente amada...


Autor: Charles Magalhães Dedeco







Oficina de poemas


Sou uma fabrica de poesias

Sou canções e melodias

Sou uma oficina

De prosa e verso

Sou um cantor

Real e eterno...


Autor: Charles Magalhães Dedeco

















Pode me chamar de Charlie


Pode me chamar de Charlie

Vim de um século de solidão

Mas sou feliz, graças a minha paixão.


Pode me chamar de Charlie

Sou espírito de luz

Só quero nesse mundo amar as pessoas e o azul.


Pode me chamar de Charlie

Mas onde esta meu amor

Esta longe, tão longe, na dor.


Pode me chamar de Charlie

Sozinho eu não quero ficar

Quero uma amada abençoada, para amar...


Pode me chamar de Charlie

Tenho honra e caráter

Fé e solidariedade.


Pode me chamar de Charlie

Sou escorpião do deserto

Sou ciúmes, carinho, e sou poesia.


Pode me chamar de Charlie

Poeta desde os 12 anos

Humano há muitos anos.


Pode me chamar de Charlie

Pode me chamar de música e verdade...

Autor: Charles Magalhães Dedeco



Bela


Ela é bela

Deusa do amor

Coração infinito

Poema infinito


Sonho mais bonito

Princesa do dia

Flor da felicidade

Na verdade ela é solidariedade.


Autor: Charles Magalhães Dedeco

















A prece


Que Deus nos perdoe

As nossas blasfêmias

Nosso desejo mundano

Nossos defeitos e enganos


Livrai-nos do mal

Que Deus perdoe

Nossas fraquezas e nossa indiferença

Que Deus tenha piedade


Dos nossos corações mornos

E de nossa fé de pedra

Meu Deus livre-nos

Das ilusões nubladas


Da pequena virtude

Que perdemos

Perdoe-nos por nossos

Fanatismos em ídolos


Por nosso desejo de poder

E progresso poluído

Tenha misericórdia de nossa tolice

Essa impureza que o mundo fabrica


Dê da tua água viva

Tua fonte da verdade

Em espírito e em verdade

Quero seguir meu caminho...


Autor: Charles Magalhães Dedeco



Conselho


Quer dar valor a vida

Ame o que você tem

Família e amigos

Ame a água e o pão

Ame a alma que é eterna

Ame o verão e a primavera

Dê valor à vida

E viva refletindo

Sonhe com a esperança nascente

Mesmo que lhe falte tudo

Mesa farta e vinho

Ainda assim

Reserve e preserve

Sua fé em Deus.


Autor: Charles Magalhães Dedeco
















Acredite


Vamos acreditar

A vida quer amar

Vamos acreditar

A poesia quer despertar

Vamos acordar para a vida...


Autor: Charles Magalhães Dedeco

























Dê-me força


Não consigo continuar sozinho

Preciso do teu amor e carinho

Onde esta você?

Longe de mim


Não consigo continuar sozinho

Preciso da paz de espírito

E isso eu só encontro

Com o novo amor


Quando não estou namorando

Estou morto

E sozinho não consigo amar

Preciso dos teus beijos e desejos...


Autor: Charles Magalhães Dedeco















Criação do poema


Minhas mãos sangram

 E não param de escrever

Minha mente esta acessa

Meu espírito devora meu poema


E a noite que chega de repente

Afoga-me de inspirações escondidas

A poesia esta acessa

No teto, na lareira da casa


Na poeira do chão

No silencio musical

Em toda atmosfera

Terrena e espiritual


Minha poesia é minha vida

Meu respirar

Minha melodia

Minha musa despida.


Autor: Charles Magalhães Dedeco











Cotidiano


Alguém, alguém correu

Com um pedaço de pão nas mãos

Um menino de chinelo

Com o rosto sujo

Com os olhos indiferentes

Povo pobre é o nome dele

Seu único defeito não foi roubar

Mas nascer num país

Injusto e desigual

Talvez se fosse diferente

Ele seria um grandioso medico ou professor

Alguém, alguém morreu

Por ser somente pobre

Por não ser burguês

Ele queria ser presidente

Para mudar seu país

Para dar esperança

E fazer seu país feliz...


Autor: Charles Magalhães Dedeco












A ponte


O que você fará agora?

O mundo caiu, o futuro sumiu

O poço secou, a felicidade afundou

O gênio dormiu, o poeta calou-se

E a vida? A vida vai indo...

Mesmo sozinho encontro forças

E a esperança? A esperança é infinita

E o amor? O amor é o sabor da vida

O que você fará agora?

Agora o tempo parou

A música e o compasso desafinaram

Que porta e estrada eu devo entrar

No outro lado da ponte caída

Existe uma solidão

Uma antiga depressão de poeta

Um abraço de afeição

O que você fará agora?

Reconstruirei uma nova ponte

Que liga diretamente ao coração da alma.


Autor: Charles Magalhães Dedeco











Lei do povo


O Brasil tem fome de que?

Educação

Tem sede de que?

Igualdade

Do que ele precisa?

Justiça

Menos imposto e mais política limpa

O que falta no Brasil?

Dignidade e respeito.


Autor: Charles Magalhães Dedeco





















Alegre poesia


Faço minha poesia

Com amor e alegria

Com a divina melodia

Com romance de novela

Minha poesia é o meu filme

Minha música, minha vida

Como viver sem ela?

Com este sorriso infantil

Invento e fabrico minha poesia

Minha poesia é feita de aço e paixão

É composta de justiça e calor

Faço das poesias minhas palavras

Faço da verdade minha força...


Autor: Charles Magalhães Dedeco

















Vida


Eu tenho meu violão

E eu sei fazê-lo gritar

Minha vida é uma solidão

Minha poesia minha paixão

Sozinho eu não vou ficar

Vou encontrar a mulher amada

Vou cantar e despertar...


Autor: Charles Magalhães Dedeco















Inocente poesia


Todo dia é dia

De viver melodias

Escrever poesias

Amar a lua minha

Olhar o sol nascer

Filosofar com você

Sobre a alma e o prazer


Todo dia é dia

De cantar alegrias

Navegar horizontes

Volitar sobre os montes

Suspirar amores

Dançar com as flores


Todo dia é dia

De ler poesias

Refletir sobre a vida

Rezar sem mentiras


Todo dia é dia

Da inocente poesia

Que se faz pura melancolia...


Autor: Charles Magalhães Dedeco







O que é o amor para todos nós


Para os pessimistas o amor é uma ilusão

Para os realistas o amor é um problema

Para os sonhadores o amor é um sonho

Para os modernos o amor é passageiro

Para os apaixonados o amor é eterno

Para mim o amor é o único jeito de ser feliz...


Autor: Charles Magalhães Dedeco
























A amada e o poeta


Não sei onde o meu amor se esconde

Se na poesia ou mais longe

No sonho dos meus sonhos

Na lembrança e na saudade do luar

Sei bem onde o meu amor se esconde

Em meu coração de fogo

Alado e caído na imaginação

Em fichas partidas

Em paixões poéticas e refletidas.


Autor: Charles Magalhães Dedeco





















Jardim imundo


Você pensa que esta bem

Com seu ouro e mil prazeres

Com seu orgulho moderno de ser

Amando e vendo a conta crescer

Teu coração é morno

Tua mente é vazia

Seu espírito é corrupto

Você pensa que é feliz

Que tens amigos leais

Que o estomago é sua alma

Mas a hipocrisia é a sua morada

Que estrada você tomou?

Que coração sincero você feriu?

Por uma conta bancaria

Você já precisou morar na rua e pedir esmolas?

Você já precisou sorrir por um prato de comida?


Autor: Charles Magalhães Dedeco














Porque do silencio?


Porque a mulher deixou seduzir pelo pecado?

Porque foi atrás da serpente do mal?

Ídolo mortal!

Quem manchou a arvore da vida?

Que maça é essa?

Onde esta a primavera?


Porque a taça é de ouro?

E nela não nenhuma alma inocente

Onde esta o tesouro de Deus?

Onde estão os teus tesouros?

Quem sujou o nome e a honra dos anjos?

Por algumas moedas de prata...

Porque a cega babilônia comanda o mundo?

Porque a virtude dos homens se perdeu?

Que silencio é esse meu Deus?...


Autor: Charles Magalhães Dedeco






Desventurado planeta velho


Não lave tuas mãos

A cidade esta caindo

Os poetas estão sumindo

O mundo vive em luto

Poluição, lixo e distúrbios


Não há vida nova

Em explosões, em tiranias

Que explora todo triste dia


A solidão foi invadida

Há uma carta de despedidas

A natureza pega fogo

E a politicalha rouba do seu povo


A dona desordem tomou conta

Em dois países religiosos

Ouso melodias apocalípticas

De tiros á homens bombas

Onde se encontra Deus em tudo isso?


No arranha céu explodido

Nos aviões inimigos

No homem que morreu de fome

Em honra a liberdade de expressão

A ditadura assassinou a vida

E o fascismo lavou as mãos com água suja.


Autor: Charles Magalhães Dedeco



Sou fiel


Sou fiel a minha amada

Sou fiel a Deus

Honro quem me ama

Acredito na fé

Sou fiel e quero amar

Meu espírito precisa disso

Precisa de iluminação

Sou fiel a minha amada

Minha namorada é meu amor

Mas se um amor não der certo

Eu procuro um novo amor

Mas nunca traio

Prefiro a fidelidade

Porque Deus me fez assim

Com caráter e feliz...


Autor: Charles Magalhães Dedeco














Virtudes morais


Chega de suspiros

É tempo de mudança radical

Deixe os beijos para depois

De salvar o mundo das mãos do mal


Ergam a espada da justiça

Afinal, tenha um pouco de mais senso moral

Seja critico com o presente político

Tenha um coração e uma águia...


Oh, viajante do conhecimento

Todo homem deve ter um

Questionamento de mudança


Não ajude o indigno burguês

Larapio, não ame o assassino

Das leis, abrace todo irmão que tem honra.


Autor: Charles Magalhães Dedeco













Nua


Tirei o vestido da moça lua

Vestido rosa e boca vermelha

Cabelos longos e pele nua

Desejo de ouro

Pecadora pura

Tirei o vestido da moça lua

Dei um beijo nos seus lábios de cristais...


Autor: Charles Magalhães Dedeco























O país


O país aliena a pobre miséria

Do país explorado a ferro e fogo

O lucro faz o homem sobreviver

Em paz morrer

O capital hoje e sempre

É o leão que devora o povo

Política tóxica

Imposto que vai pro esgoto

Tem um rosto mascarado e ignorante a solta

Voto velho, voto novo, lixo e desgosto

Foto antiga, foto bandida

Que vive no crime

O impostômetro não para

O governo tem um imposto corrupto

Os governantes se vetem de luxo

Mas um dia tudo vai desmoronar.


Autor: Charles Magalhães Dedeco














Estrelas e desejos


Nasce o dia

 Vem o dia

Chega à tarde

À noite vem e vai

E invade o coração da cidade


A noite é longa

O presente é breve

A lua cobre e reveste

Todas as mulheres

A noite é lúbrica

Cheia de quimera

Vinhos de toda primavera


Já é tarde

Nasce o dia

Chegou o dia

De encontrar a tarde

E reviver mais um tempo

Na tempestade do sol...


Autor: Charles Magalhães Dedeco










Amadinha


Lambi tua boca

E o teu clímax de mulher

Beijei tua língua molhada

Oh, beijos de serenata


Você beijou todo o meu rosto

E eu beijei todo o seu corpo

Porque você é minha princesa

Que eu amo tanto


Lambi tua boca de pimenta vermelha

Eu olhei nos teus olhos castanhos

E vi todos os nossos planos

Como eu te amo amadinha...


Autor: Charles Magalhães Dedeco
















O nada


Hoje em dia eu desconfio de tudo

Até de minha verdade

Eu às vezes penso e digo a mim mesmo:

Será que essa verdade não é uma mentira?

Nada existe

Minha duvida pensa

E eu duvido até de minha duvida

Nada existe

É o que os olhos dizem

E o coração que tem fé

Diz tudo existe

Até mesmo o nada...


Autor: Charles Magalhães Dedeco











Antes de eu morrer


Deixe-me refletir calado

Só estou um pouco cansado

Não me perturbe com tua maldade

Agora estou livre e consegui

A tão esperada eternidade.


Estou dentro de um novo reino

Eu consigo ver a luz

Deus me cobriu com um lençol

Aqui a justiça é respirada

Por espelhos refletidos


Aqui a igualdade é uma balança

Antes de eu morrer imaginei isso

Este é o céu

Onde há um mar cristalino

E cheio de peixes, focas e pingüins.


Um lugar cheio de paz

E melodias de amor

A morte é assim para quem viveu

Com bondade, justiça e honra no coração

A morte é um ultimo suspiro de vida

Mas antes de eu morrer quero viver e amar o amanhecer. Viverei com pureza e virtude.

Pois a vida é a única estrada para a alegria...



Autor: Charles Magalhães Dedeco



O amor


O amor nasceu numa conversa

Eu a chamei ela de princesa

E ela sorriu

Mostrei as estrelas para ela

O eclipse do sol e da lua

Mas também juntos vimos o sol brilhar

Os nossos ciúmes nos destruíram

Queria que fosse eterno

Mas a vida nem sempre é como a gente quer

Mas ela não agüentou a tempestade

E tudo se acabou

Minhas lagrimas ainda caem

Meus minha mão ainda sangra

Quando escrevo

Quando vou encontrar uma amada que me ame Tanto como você me amou?...


Autor: Charles Magalhães Dedeco














Flores do mal


Tempo de pedra

Navio afundado

Saudade do passado


Sorriso triste

Noite diabólica

Sonhos e planos no chão


Poesia do mal

Não quero mais voltar

O amor acabou


Estas são as minhas flores do mal...



Autor: Charles Magalhães Dedeco
















Sem sentido


Tempo solitário

Mente confusa

Veja: anjos estão enforcados em prédios

O novo dia nasce sombrio

O amor foi trocado pelo desejo da carne

Veja: a águia foi banida do paraíso.


Autor: Charles Magalhães Dedeco
























Eterna


Você é o meu amor

Minha princesa amada

Minha estrela celestial

Contigo tudo fica mais claro

Tudo fica mais infinito

Em ti eu confio

Você é o meu destino

Você me honra

Você me respeita

Você é minha lua abençoada

Minha poesia iluminada

Minha eterna namorada.



Autor: Charles Magalhães Dedeco

















Um novo amor


Preciso de um novo amor

Gigante e sem fim

Um claro jardim

Preciso de uma rosa que me ame

Que me clame

Eu preciso de um amor maior que tudo

Um raio de sol

Uma princesa que seja eterna

Eu preciso de um amor

E uma princesa para minha vida

Sou o poeta do amor

Do coração partido.


Autor: Charles Magalhães Dedeco


















Solidão


Quero solidão em toda minha vida

Por todo o meu ser

Por toda a minha alma

Sou solidão, sem medo de ser feliz


Quero solidão

Desejo solidão

Respiro solidão

Sou um poeta solitário

Que ama o silencio

E a poesia dentro de mim.


Autor: Charles Magalhães Dedeco

















Sou um romântico

(Música de Charles Magalhães Dedeco)


Sou um romântico

Calado mas apaixonado

Não escrevo cartas de amores

Mas posso lhe mandar flores


E colorir nosso jardim

De um amor sem fim


Nosso amor é tão bonito

Tão raro e vivo


Quero você meu bem querer

Pra todo sempre


Você é meu ar

Meu infinito

Raio de sol

Eu te sinto...


Autor: Charles Magalhães Dedeco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

(Rm 12. 9)

“O amor seja sem hipocrisia.”

Eclesiastes 9:11

Percebi ainda outra coisa debaixo do sol: Os velozes nem sempre vencem a corrida; os fortes nem sempre triunfam na guerra; os sábios nem sempre têm comida; os prudentes nem sempre são ricos; os instruídos nem sempre têm prestígio; pois o tempo e o acaso afetam a todos.

- João 3,19-21

"Ora, este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, pois as suas obras eram más. Porquanto todo aquele que faz o mal odeia a luz e não vem para a luz, para que suas obras não sejam reprovadas. Mas aquele que pratica a verdade vem para a luz. Torna-se assim claro que suas obras são feitas em DEUS."

- Mt 5,11-12

"Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós."

1João 2,9-11


"Aquele que diz estar na luz, e odeia seu irmão, jaz ainda nas trevas. Quem ama seu irmão permanece na luz e não se expõe a tropeçar. Mas quem odeia seu irmão está nas trevas e anda nas trevas, sem saber para onde dirige os passos; as trevas cegaram seus olhos." -

- Pr 6,16-19

"Seis coisas há que o Senhor odeia e uma sétima que lhe é uma abominação; olhos altivos, LÍNGUA MENTIROSA, mãos que derramam sangue inocente, um coração que maquina projetos perversos, pés pressurosos em correr ao mal, UM FALSO
TESTEMUNHO QUE PROFERE MENTIRAS E AQUELE QUE SEMEIA DISCÓRDIA ENTRE IRMÃOS."

- 2Tm 4,3-4

"Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas."

- Zc 8,16-17

"Eis o que deveis fazer: falai a verdade uns aos outros; julgai às portas de vossas cidades segundo a justiça e a sinceridade. Não maquineis o mal em vossos corações contra o próximo; não jureis falso, porque aborreço tudo isso - oráculo do Senhor."

- 1Tm 4,1-2

"O Espírito diz expressamente que, nos tempos vindouros, alguns hão de apostatar da fé, dando ouvidos a espíritos embusteiros e a doutrinas diabólicas, de hipócritas e impostores que, marcados na própria consciência com o ferrete da infâmia."

Efésios 6:14

Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade, vestindo a couraça da justiça


- AP 21,27

"...NELA NÃO ENTRARÁ NADA DE PROFANO NEM NINGUÉM QUE PRATIQUE ABOMINAÇÕES E MENTIRAS, MAS UNICAMENTE AQUELES CUJOS NOMES ESTÃO INSCRITOS NO LIVRO DA VIDA DO CORDEIRO."

- ROMANOS 1,18

"A IRA DE DEUS SE MANIFESTA DO ALTO DO CÉU CONTRA TODA A IMPIEDADE E PERVERSIDADE DOS HOMENS, QUE PELA INJUSTIÇA APRISIONAM A VERDADE."

Atos dos Apóstolos 16:31

Eles responderam: "Creia no Senhor Jesus, e serão salvos, você e os de sua casa".

Mateus 5:9

“Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.”

Romanos 14:19

“Assim, pois, sigamos as coisas que servem para a paz e as que contribuem para a edificação mútua.”

1 Coríntios 13:13

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

1 João 4

E vimos e testemunhamos que o Pai enviou o seu Filho para ser o Salvador do mundo. Se alguém confessa publicamente que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus. Portanto, dessa forma conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos plenamente nesse amor. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele. …

1 João 5:5

Quem é que pode vencer o mundo? Somente a pessoa que crê que Jesus é o Filho de Deus.

Nada escapa aos Seus olhos

Deus é bom e justo. Nada escapa aos Seus olhos, e nenhuma atitude pode ser escondida d'Ele.Os perversos não ficarão impunes. Quem não se arrepender dos seus maus caminhos será julgado. Por esse motivo, podemos descansar porque Deus está controlando tudo, e não devemos fazer justiça pelas nossas próprias mãos.

Provérbios 15.21

O tolo se diverte com as suas tolices, mas o sábio faz o que é certo.

Jesus Cristo

Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.

João 14:6


1 Timóteo 6

Pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos. 1 Timóteo 6

São Mateus, capítulo 6

"Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro".

Apocalipse 20:15

"E todo aquele que não foi achado inscrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo."

(Provérbios 25:26 )

A pessoa boa que se deixa levar por uma pessoa má é como uma fonte de água barrenta ou como um poço contaminado.

Lucas 12:15

Acautelai-vos e guardai-vos de toda espécie de cobiça; porque a vida do homem não consiste na abundância das coisas que possui.”

Salmos 91:11

"Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos."

Salmos 91:11

I Pedro - 2:1

Livrem-se, pois, de toda maldade e de todo engano, hipocrisia, inveja e toda espécie de maledicência.

(1 Jo 3:18)

“Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.”

1 Timóteo 6:9,10

Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição,pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos.

1 Timóteo 6

Pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos.

(MATEUS 6 v. 5-6)

“- Quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de orar de pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas para serem vistos pelos outros. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eles já receberam a sua recompensa. Mas você, quando orar, vá para o seu quarto, feche a porta e ore ao seu Pai, que não pode ser visto. E o seu Pai, que vê o que você faz em segredo, lhe dará a recompensa.”

Salmos 1:1

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

(II CORÍNTIOS 11 v. 13-15)

“Aqueles homens são apóstolos falsos e não verdadeiros. Eles mentem a respeito dos seus trabalhos e se disfarçam, apresentando-se como verdadeiros apóstolos de Cristo. E isso não é de admirar, pois até satanás pode se disfarçar e ficar parecendo um anjo de luz. Portanto, não é nada demais que os servidores dele se disfarcem, apresentando-se como pessoas que fazem o bem. Mas no fim eles receberão exatamente o que as suas ações merecem.”

Pv 1 4:6 Rei Salomão

Quem zomba de tudo quer ser sábio e não consegue, mas quem tem juízo aprende com facilidade.

Provérbios 14

A pessoa simples acredita em tudo, mas quem tem juízo está sempre prevenido.

(ROMANOS 2 v. 1)

“Não importa quem você seja não tem desculpa de jeito nenhum. Porque, quando julga os outros e faz as mesmas coisas que eles fazem, você está condenando a você mesmo.”

Jeremias - 23:14

Mas, entre os profetas de Jerusalém vejo coisas hediondas: adultério e hipocrisia. Encorajam os maus, para que nenhum se converta da maldade. A meus olhos são todos iguais a Sodoma e seus congêneres semelhantes a Gomorra.

Provérbios 14.7

Afaste-se das pessoas sem juízo porque gente assim não tem nada para ensinar.

Provérbios 14

Há caminhos que parecem certos, mas podem acabar levando para a morte.

Tiago 4.4

“Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.”